in

Pai de MC Daleste afirma que encomendaram a morte do filho

O cantor foi executado a tiros no ano de 2013; pai do MC está buscando justiça desde então.

Foto: Facebook / Reprodução

Após 8 anos da morte do cantor MC Daleste surgiu uma nova concepção sobre o caso. O pai de MC Daleste, Rolland, afirma que o cantor foi executado a mando de alguém e pretende que polícia reabra a investigação que já foi arquivada por falta de provas.

Publicidade

Daleste foi assassinado enquanto fazia um show na cidade de Campinas (SP). Após a execução, a polícia do estado de São Paulo começou a realizar investigações para apurar o motivo da morte do cantor, naquela época, o crime foi taxado como um homicídio simples e por falta de provas o caso foi arquivado.

Em entrevista concedida ao programa Cidade Alerta, da TV Record, o pai de MC Daleste fez uma importante revelação. De acordo com Rolland, a morte de seu filho foi encomendada, ainda na entrevista, o pai do cantor afirmou que o valor pago pela morte de Daleste foi de 20 mil reais e o mando do crime está associado a pessoas próximas ao MC.

Publicidade

Atualmente, o pai do MC Daleste vive juntamente com a sua esposa, Marizete e o casal está passando por dificuldades financeiras, pois Rolland se encontra desempregado e apenas sua mulher constitui a renda da casa. Marizete trabalha como agente de saúde. 

Publicidade

Rolland afirmou a equipe do Cidade Alerta, que os valores arrecadados com os direitos autorais das músicas de MC Daleste que ainda são reproduzidas em rádios e serviços de streaming, não se destinam totalmente a família e, na verdade, vão quase em sua totalidade para as pessoas que trabalham como produtores do artista. Após afirmar que a morte do cantor foi encomendada, o pai de MC Daleste quer que a justiça reabra as investigações e descubra quem mandou matar seu filho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade