in

Mulher tem clínica quebrada após não servir almoço para marido; motivo da ação da esposa é de cortar o coração

Patrícia Gonçalves Ferreira havia feito apenas purê de batata para o almoço e teve sua clínica quebrada pelo marido.

Reprodução: G1 / Tv Anhanguera - Fotomontagem por Vieira Filho

No último domingo (22), Patrícia Gonçalves Ferreira, de 32 anos, teve seu local de trabalho completamente destruído pelo marido em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital do estado de Goiás.

Publicidade

No primeiro relato, a esteticista contou que o motivo do ato do marido foi ele ter acordado na hora do almoço e não ter encontrado a refeição pronta.

Posteriormente, a esposa contou à Polícia Civil que a ação violenta de Washington Nunes de Almeida, de 28 anos, foi motivada pelo fato de, na casa do casal, ter apenas um purê de batatas para o almoço.

Publicidade

Mulher não tinha outra opção para cozinhar

Emocionada, Patrícia relatou que teria feito o purê pois era a única opção que tinha para cozinhar em sua casa.

Publicidade

Além de destruir a clínica de Patrícia na frente do filho do casal, de apenas 3 anos, Washington também quebrou o celular da vítima.

Publicidade

Patrícia já havia feito um boletim de ocorrência contra o marido

Casados há 3 anos, a mulher contou, em entrevista à TV Anhanguera, que no último ano, a relação dos dois começou a ser marcada por violência e discussões, o que motivou Patrícia a registrar um boletim de ocorrência contra o marido em fevereiro deste ano.

Medida preventiva

O delegado Moacir Filho, responsável pelo caso, narrou que, apesar dos prejuízos financeiros, não houve nenhuma agressão física contra Patrícia. Entretanto, um pedido de uma medida protetiva para a vítima foi feito e acatado pela Justiça.

Washington foi levado para a delegacia, pagou fiança e foi liberado. O delegado afirmou que, até o momento, não há elementos capazes de motivarem uma prisão preventiva do homem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade