in

Caso Henry: Polícia realiza busca e apreensão e advogado do casal se vira contra o pai da criança

Polícia Civil foi a quatro endereços antes das 6h da manhã desta sexta-feira (26).

Reprodução Globo / Arquivo pessoal Monique Medeiros

A Polícia Civil do Rio de Janeiro deu mais um passo importante para esclarecer a morte do garoto Henry Borel, de quatro anos, morto no último dia 8, após situação ainda não explicada totalmente. O menino estava no apartamento do padrasto, Jairo Souza Santos, o vereador Dr. Jairinho.

Publicidade

Em versão apresentada pela mãe, a professora Monique Medeiros, ela encontrou o garoto caído no chão do quarto do casal. Ela e Jairinho assistiam série em outro cômodo do apartamento e pegaram no sono. Henry chegou morto ao hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, mesmo bairro onde moravam.

Na manhã desta sexta-feira (26), a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão em quatro locais: a casa dos pais de Munique, a casa do pai de Jairinho, o apartamento onde tudo aconteceu e a casa do pai de Henry, o engenheiro Leniel Borel. Aparelhos eletrônicos foram apreendidos e haverá quebra de sigilo de todos os envolvidos.

Publicidade

O advogado de Leniel disse que a polícia cumpre o papel dela. André França, advogado de Monique e de Jairinho se manifestou e não poupou Leniel. Segundo ele, o casal recebeu a polícia de maneira tranquila. A operação foi realizada antes das 6h.

Publicidade

“A busca e apreensão realizada também na casa do pai, Leniel, ao contrário do que afirma o seu advogado, mostra que a polícia segue investigando todas as hipóteses”, disse França. O advogado também afirmou que o casal segue confiante e seguro na inocência. Mais de 10 pessoas já foram ouvidas pela Polícia Civil do Rio. O caso é investigado pela 16ª DP da Barra da Tijuca.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!