in

Renda básica emergencial de São Paulo começa a ser pago nesta quinta

O valor a ser pago será de 100 reais e famílias receberão um total de 3 parcelas.

Reprodução/Agência Brasil

Nesta quinta-feira (25), se iniciará o pagamento do programa de auxílio às famílias carentes da prefeitura de São Paulo. O programa se chama Renda Básica e terá um valor de 100 reais por parcela. No total serão pagas três parcelas às famílias beneficiadas, totalizando cerca de 480 mil famílias contempladas pelo programa.

Publicidade

Para receber o auxílio da prefeitura, a família deve estar cadastrada no Bolsa Família e ter sido inscrita no programa até a data limite de 30 de setembro de 2020. Para as pessoas que possuem alguma deficiência, a parcela a ser paga será no valor de 200 reais, independentemente da idade. Contudo, aquelas pessoas que já recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), não poderão receber o Renda Básica.

Além das famílias cadastradas no Bolsa Família, o benefício também será disponibilizado para as famílias de trabalhadores ambulantes. Entretanto, para essa classe receber, as famílias deverão atender igualmente os critérios do Bolsa Família e ainda terão de possuir o Termo de Permissão de Uso (TPU) ou ainda estejam cadastrados no Sistema Tô Legal, que viabiliza o comércio e a prestação de serviços ambulantes e informais.

Publicidade

Para receber o benefício não será necessário se dirigir ao CRAS (Centros de Referência de Assistência Social), aos postos do Descomplica SP ou em agências do Banco Caixa. As famílias receberão de forma automática, basta atender os critérios necessários.

Publicidade

De acordo com a prefeitura, o investimento necessário para o pagamento será de 398 milhões de reais e, ao todo, serão beneficiados cerca de 1.287.422 pessoas. Caso o cidadão tenha alguma dúvida, a prefeitura disponibilizou a Central de Atendimento com o número 156.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade