in

Feriado prolongado de 10 dias anticovid começa amanhã em São Paulo

Prefeitura, assim como fez em 2020, realizou o adiantamento de feriados para tentar frear o avanço da doença.

Reprodução/Pinterest

O estado de São Paulo está vivendo o pior momento da pandemia desde o seu início no ano de 2020. A capital é uma das áreas mais afetadas e o prefeito Bruno Covas está buscando medidas para frear a infecção. Nesta sexta-feira (26), irá começar o feriadão de dez dias. O mega-feriado, assim como em 2020, vem para tentar frear a contaminação dos paulistanos pelo coronavírus.

Publicidade

Para realizar o feriado prolongado a prefeitura da capital antecipou cinco feriados de 2021 e mais cinco feriados de 2022. Os feriados adiantados foram os de Corpus Christi (3 de junho) de 2021 e 2022, do Dia da Consciência Negra (20 de novembro) de 2021 e 2022, e o Aniversário da capital (25 de janeiro de 2022).

Em seu pior momento na pandemia, o estado sofre com falta de insumos para os hospitais, já foi informado que há escassez dos medicamentos necessários para realizar intubações, não há mais muitos leitos de UTI’s disponíveis, e ainda cerca de 115 cidades do estado declararam estar em nível crítico de oxigênio medicinal. A capital também apresenta índices preocupantes.

Publicidade

Há o questionamento se empresas poderão continuar a funcionar. O prefeito da capital, Bruno Covas, enxerga que a única saída nesse momento de calamidade pública é realização do distanciamento social, e que as empresas não poderiam passar por cima da decisão das autoridades. Contudo, não é proibido trabalhar no feriado, assim cada empresa definirá o que é mais conveniente a ela.

Publicidade

Caso o empregado tenha que trabalhar, receberá em dobro se não houver a possibilidade de compensação em outro dia. Como há somente a antecipação dos feriados, a regra do salário em dobro será aplicada mesmo para aqueles que estejam trabalhando em home office.

Publicidade
Publicidade