in

Fase emergencial da quarentena em São Paulo deve ser prorrogada por mais 15 dias

Estado está prestes a sofrer colapso em sua rede de saúde e medidas buscam aliviar impactos.

Foto: DANILO M YOSHIOKA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Nesta última terça-feira (23), o Centro de Contingência de Combate à Covid-19 do estado de São Paulo realizou uma reunião em que discutiram por prorrogar a fase emergencial da quarentena no estado por mais 15 dias. O comitê de combate é formado por vários médicos que auxiliam Joao Doria (PSDB-SP) em sua gestão.

Publicidade

O grupo se reuniu logo após os dados disponibilizados na última segunda-feira (22),  quando o estado de São Paulo bateu o recorde de óbitos com um total de 1021 mortes causadas pela Covid-19. A intenção do comitê é frear o avanço da doença no estado e dar um alívio na rede de saúde paulista.

Entretanto, o coordenador do comitê, o médico Paulo Menezes declarou que os dados e suas análises são dinâmicas, desse modo podem surgir novas orientações até o final do mês de março. Para o médico, depois dos dados disponibilizados na última segunda-feira (22), é bem provável que a quarentena seja estendida por mais 15 dias em todo o estado de São Paulo.

Publicidade

Março de 2021 está sendo o período mais fatal da pandemia em todo o Brasil, desde o seu início, em 2020. O estado de São Paulo está passando por um momento crítico. Recentemente várias cidades e até a capital relataram estar passando por dificuldades no abastecimento de hospitais com oxigênio medicinal. Há ainda a falta de medicamentos para intubação e a maioria dos leitos de UTI destinados ao combate a Covid-19 estão ocupados.

Publicidade

A fase emergencial da quarentena em São Paulo prevê regras mais duras, fechando a maioria dos serviços oferecidos à população.

Publicidade
Publicidade
Publicidade