in

Penitenciária de Araraquara tem mais de 370 presos com Covid-19; 209 esperam resultado e um morreu

A penitencia de Araraquara, com capacidade para 1.557 detentos, está atualmente com 2.059, mais de 360 deles com Covid-19

Imagem Ilustrativa | Metrópoles

Atualmente a penitenciária de Araraquara vive um surto de infecções pelo coronavírus. No dia 28 de fevereiro foi iniciada a testagem em massa dos detentos e, até o momento, um em cada quatro que já recebeu o resultado do exame testou positivo para a Covid-19. Na terça-feira, 23, a morte de um detento da penitenciária estava entre as três confirmadas pela cidade.

Publicidade

Além disso, outro número também preocupa, isso porque o número de funcionários da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) mortos apenas nos primeiros três meses de 2021 já se aproxima ao total de mortes da categoria em todo o ano de 2020.

Ao todo, 1.647 detentos do complexo prisional foram testados e, no anexo de detenção provisória, consta que 360 testaram positivo para a doença e seguem em quarentena. Além disso, 209 ainda estão à espera do resultado do exame e, segundo a SAP, 80 já se recuperaram do vírus. Contudo, vale ressaltar que os testes só foram realizados em apenas 79% do total de 2.059 detentos do complexo prisional, que tem a capacidade máxima para 1.557 detentos.

Publicidade

A testagem dos presos, que vêm sendo realizada em parceria com a Vigilância Sanitária da cidade, continuará até a próxima quinta-feira, 25.

Publicidade

Além disso, vale ressaltar ainda que o município registrou nesta semana a primeira morte de detento vítima da Covid-19 desde o início da pandemia, há um ano. De acordo com informações passadas pela prefeitura, o preso tinha 57 anos, sofria com comorbidade, hipertensão e deu entrada em uma unidade de saúde no domingo, 21, com falta de ar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade