in

Criticado, Bolsonaro culpa nova variante da Covid-19 pelo aumento de casos e mortes da doença

Após uma reunião, o governo Bolsonaro passou a dizer que o aumento no número de casos e mortes da Covid-19 é culpa da nova variante de Manaus.

REUTERS/Ueslei Marcelino

Diante das duras críticas que vem sofrendo, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) acabou encontrando um outro culpado pelo aumento no número de casos da Covid-19 no Brasil nas últimas semanas: a nova variante surgida em Manaus.

Publicidade

A nova variante do coronavírus de Manaus foi mencionada por Bolsonaro na noite da última terça-feira, 23, após ter participado de uma reunião entre os Três Poderes, e ainda nesta quarta-feira, 24, em falas do líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, o deputado Ricardo Barros (PP-PR).

Ao se pronunciar, Bolsonaro ressaltou que atualmente o Brasil vive uma nova variante do vírus que “tem tirado a vida de muitos brasileiros”. Além disso, na manhã desta quarta-feira, Bolsonaro voltou a ressaltar que uma nova cepa da Covid-19 apareceu.

Publicidade

Além de Bolsonaro, outros integrantes do governo do atual presidente também começaram a ressaltar a nova variante como justificativa para o atual colapso da Saúde em todo o país. Através de suas redes sociais, Ricardo Barros destacou que esta nova cepa é muito grave e, por isso, precisaram de “medidas muito duras”.

Publicidade

O deputado Fábio Trad (PSD-MS) ressaltou que o governo capitulou, mas acabou vendo que estava errado e tenta corrigir os erros usando um discurso leve que, segundo ele, seria mais compatível com a normalidade. Contudo, diz que é preciso ver que esse mesmo governo, lá atrás, duvidou da máscara, da vacina e até mesmo do vírus.

Publicidade

Vale lembrar que nesta quarta-feira, 24, Bolsonaro anunciou a criação de um comitê para ações contra a pandemia da Covid-19 no Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade