in

Técnica em enfermagem morre vítima da Covid-19 à espera de leito; caso comove: ‘Todo mundo abalado’

Profissional chegou a receber primeira dose da vacina, mas ainda estava aguardando 2ª dose para ficar imune.

G1

Profissional da linha de frente no combate à pandemia do coronavírus, a técnica em enfermagem Mirian Cristina Rodrigues Machado Gomes é mais uma vítima fatal da Covid-19 no país.

Publicidade

Atendente do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, a mulher de 38 estava aguardando um leito de UTI para a doença, mas acabou não resistindo às complicações da infecção. O caso foi registrado na cidade de Paulo de Faria, no interior de São Paulo. 

Miriam atuava na linha de frente desde o início do cenário pandêmico em solo nacional. Na última sexta-feira (19), ela foi internada na Santa Casa do município, onde ficou por dias aguardando uma transferência para uma unidade hospitalar da região. 

Publicidade

Segundo informações da secretária de Saúde de Paulo de Faria, Valéria Gonçalves, foram efetuados alguns pedidos por um leito-Covid, mas nenhuma vaga apareceu.

Publicidade

Em desabafo feito, Valéria disse que a morte de Mirian causou forte comoção no município do interior paulista, principalmente entre os profissionais de saúde que presenciaram a doação da técnica em enfermagem durante os últimos meses, vítima da impiedosa doença. 

Publicidade

“Todo mundo abalado e chocado. Nós também estamos com um enfermeiro internado no Hospital de Base. Agora veio a Mirian. Estamos sem chão. Ela tomou a primeira dose da AstraZeneca. Não chegou a receber a segunda, porque não tinha dado a data”, desabafou a secretária.

Números 

De acordo com o último boletim divulgado, o estado de São Paulo acumulou na última terça-feira (23), mais de 1 mil mortes em decorrência da Covid-19, cerca de um terço do quantitativo geral do país no dia. Nas últimas semanas, o cenário de calamidade na saúde pública tem afetado amplamente diversos estados do país. 

Publicidade
Publicidade