in

Caso Henry: advogado de Monique e Dr. Jairinho faz acusação ao pai do garoto

André França Barreto criticou Leniel Borel, pai de Henry e ex-marido de Monique Medeiros.

Arquivo pessoal Leniel / Reprodução TV Globo

Entre a noite de segunda-feira e madrugada desta terça (23), uma ex-namorada de Jairo Souza Santos, o Dr. Jairinho, prestou depoimento na 16ª DP da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A Polícia Civil do estado continua a investigação sobre a morte de Henry Borel, de apenas quatro anos.

Publicidade

O menino morreu na madrugada do dia 8 de março em situação ainda não explicada. Henry é filho de Monique Medeiros e enteado de Dr. Jairinho. O menino foi encontrado morto no quarto do casal. Monique e Jairinho assistiam série no quarto de hóspede do apartamento onde moram.

Henry morreu em decorrência de laceração hepática e hemorragia interna causadas por ação contundente. A ex-namorada de Jairinho contou à polícia que ele já teria agredido a filha dela, anos atrás. Hoje esta menina já é uma adolescente.

Publicidade

Advogado de Dr. Jairinho se manifesta

O advogado André França Barreto, representante de Dr. Jairinho e Monique Medeiros, se manifestou com veemência sobre o caso e criticou o pai de Henry, Leniel Borel. “Informação que eu tenho que quem trouxe essa suposta testemunha foi o pai, Leniel, motivado a construir motivos contra a mãe”, disse o advogado.

Publicidade

Segundo ele, Leniel não aceitaria o fim do casamento com Monique Medeiros. O relacionamento terminou no ano passado. Em meados de outubro, Monique começou a se relacionar com Dr. Jairinho. O advogado disse também que as apurações na delegacia são sérias e chamou as acusações de infundadas. A Polícia Civil prossegue com as diligências para esclarecer o caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!