in

Gata diagnosticada com Covid-19 morre após complicações relacionadas à doença

Caso raro aconteceu em Caxias do Sul, na serra gaúcha; especialista faz alerta.

Montagem: Anna Müller

Uma gata da cidade de Caxias do Sul, na serra gaúcha, que foi diagnosticada com Covid-19, não resistiu às complicações causadas pela doença e morreu na madrugada desta segunda-feira, 22 de março.

Publicidade

Quem notificou o caso foi a Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde do Rio Grande do Sul. Ela foi diagnosticada com a doença no dia 5 de março, logo após os seus tutores também testarem positivo para a doença.

De acordo com um documento apresentado pela Vigilância à Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e abastecimento, a felina apresentou “quadro de dispnéia [falta de ar], rouquidão ao vocalizar, tosse, hiporexia [perda de apetite] e leve perda de peso”.

Publicidade

Ainda de acordo com o documento, a gata, que passou por um exame radiológico, apresentou um quadro de infecção pulmonar. A partir desse exame, foi coletada uma amostra da felina para ser realizado um teste RT-PCR pela Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Publicidade

Outros dois gatos que moram na mesma casa não tiveram sinais da doença, mas mesmo assim foram testados, só que os resultados ainda não retornaram.

Publicidade

‘É um caso raríssimo’, diz coordenador do laboratório de diagnóstico em medicina veterinária da UCS

André Felipe Streck, professor, coordenador do laboratório de diagnóstico em medicina veterinária da UCS e responsável pelo diagnóstico disse que se trata de um caso raríssimo. Ele alerta que, mesmo sendo de baixa frequência, precisamos manter os cuidados. ‘Podem ser vítimas, podem adoecer e até mesmo ser fatal. Mas, até hoje, não verificamos nenhum reporte que este vírus seja transmitido para os seres humanos.’

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.