in

Padre é encontrado morto em casa paroquial no RJ e caso intriga polícia; investigação tenta revelar mistério

Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e encontrou o religioso já sem sinais vitais.

Isto É

A comunidade católica de Volta Redonda está enlutada. Figura bastante conhecida no município, o padre Olímpio Rubén Tojas Velazco, de 59 anos, foi encontrado morto do último domingo (21), na casa paroquial da Igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro Conforto.

Publicidade

A morte do religioso ainda é um mistério e a Polícia Civil de Volta Redonda conduz as investigações para apurar as circunstâncias do óbito. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) é aguardado pelas autoridades e será encaminhado ao 93ª DP localizada no município. 

No domingo, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, e ao chegar na casa paroquial já encontrou o religioso sem vida. A morte de Olímpio foi confirmada pela Diocese de Barra do Pirái-Volta Redonda na parte da tarde.

Publicidade

Segundo o comunicado assinado por Dom Luiz Henrique da Silva Brito, o religioso vinha passando por tratamentos especializados. A diocese não trouxe detalhes sobre a morte do padre peruano, e disse que aguarda os resultados da perícia. 

Publicidade

Comoção

Na manhã desta segunda-feira (22), a paróquia realizou uma missa de corpo presente de Olímpio. A celebração pôde ser acompanhada pelos fiéis através das redes sociais da diocese. Para evitar aglomerações, somente presbíteros e bispos participaram da celebração in-loco. O sepultamento também foi restrito, e ocorreu logo na sequência. 

Publicidade

Bastante querido em Volta Redonda, o padre Olímpio Rúben, como assim era conhecido, estava no município carioca desde 2014 exercendo trabalhos religiosos. Anteriormente, ele já havia passado 25 anos como padre missionário na Amazônia do Peru, e também por Petrópolis, município da Região Serrana do Rio de Janeiro. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade