in

Auxílio Emergencial: ministro define data para o início dos pagamentos do benefício; conheça os detalhes

Benefício terá mais quatro cotas em 2021, mas com valores diferenciados de acordo com perfil.

Agência Brasil

Após a aprovação da retomada do Auxílio Emergencial oficializada na última semana, milhares de brasileiros estão na expectativa para a divulgação do calendário de pagamentos da nova fase do benefício, que deve atender quase 46 milhões de beneficiários.

Publicidade

Nesta segunda-feira (22), o ministro da Cidadania, João Roma Neto, trouxe revelações sobre quando o cronograma será iniciado. Segundo ele, o programa começará a ser pago daqui a 15 dias, entre 5 e 6 de abril. 

“O calendário do pagamento nós vamos divulgar até o início da próxima semana, mas já posso antecipar que o pagamento ocorrerá a partir do início do mês de abril. Aproximadamente entre 5 e 6 de abril, nós já buscamos viabilizar o início do pagamento do auxílio emergencial”, afirmou o responsável pela pasta em entrevista concedida a uma rádio da Bahia.

Publicidade

Ainda segundo o ministro, cerca de 45,6 milhões de famílias serão contempladas com a nova fase do Auxílio Emergencial. Os integrantes do Bolsa Família receberão nas datas já estabelecidas pelo cronograma próprio do benefício, iniciando no dia 16 indo até o dia 30, sempre se baseando no dígito final do NIS (Número de Inscrição Social). 

Publicidade

Valores

Segundo o texto fixado na PEC Emergencial, o governo poderá gastar até R$ 44 bilhões com a nova fase do Auxílio Emergencial. Nesta prorrogação, os valores do benefício irão variar de acordo com o perfil da família beneficiada.

Publicidade

O valor mínimo parte de R$ 150, para as famílias classificadas como unipessoal, R$ 250 para famílias com duas pessoas ou mais, e R$ 375 para mães chefes de família. No ano passado, o governo pagou cinco cotas iniciais de R$ 600, e posteriormente repassou mais quatro pagamentos no valor de R$ 300. Mães solteiras, na oportunidade, tiveram cotas dobradas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade