in

Pai, mãe e filha morrem vítimas da Covid-19 em menos de uma semana, e família fica desolada

Depois de perder pai e mãe para a doença, esteticista Karine Zancheta acabou não resistindo.

G1

A pandemia do coronavírus vem provocando um cenário desolador para milhares de famílias. Nas últimas semanas, o índice de casos da infecção e de óbitos em decorrência da Covid-19 cresceram exponencialmente. Em Araçatuba, no interior de São Paulo, parte da família Zancheta foi devastada pela doença.

Publicidade

Em um intervalo inferior a uma semana, pai, mãe e filha foram vítimas fatais de complicações do coronavírus. De acordo com informações da TV TEM, afiliada da Globo no interior paulista, a primeira vítima foi Roberto Zacheta, de 70 anos. O contador estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Araçatuba, e morreu na última quarta-feira (17).

Dois depois do óbito do marido, Aurea Viana Zancheta, de 68 anos, também não resistiu ao quadro delicado na luta contra a doença e veio à óbito na Santa Casa de Araçatuba desde o começo de março.

Publicidade

O drama da família Zancheta se tornou ainda maior no último domingo (21), quando a filha do casal, a esteticista Karine Zancheta, de 45 anos, também acabou não resistindo. 

Publicidade

Outro caso

Nas últimas semanas tem se tornado cada vez mais comum casos de mortes em pessoas da mesma família. Em Campo Grande, a jornalista Súzan Benites perdeu pai, mãe e irmão em apenas 15 dias. 

Publicidade

Em desabafo feito nas redes sociais, Súzan comoveu ao externar o sentimento vivenciado com as duras perdas.

“Não resta nada de mim, porque eu não existo sem vocês. Espero mesmo encontrá-los em breve. A dor é sufocante, mas meu amor ainda é muito maior”, publicou a jornalista de 31 anos, que ainda teve o namorado diagnosticado com a doença, mas ele conseguiu se recuperar e teve alta neste domingo (21). 

Publicidade
Publicidade