in

Bombeiros resgatam idosa em condições precárias após denúncia

De acordo com os bombeiros a idosa estava sem água e deitada em um colchão. Filho permanece em silêncio.

Foto: Polícia Militar/Arquivo Pessoal

Neste domingo (21), o corpo de Bombeiros de Campinas e a Polícia Militar do Estado de São Paulo realizaram uma operação de resgate. Após uma denúncia anônima as autoridades se dirigiram até uma casa localizada no Jardins Oliveira, Campinas (SP). Chegando na residência os bombeiros e policiais se depararam com uma idosa sendo mantida em situações precárias. A mulher se encontrava deitada em um colchão no chão e não possuía água para beber.

Publicidade

A Polícia Militar relatou que a idosa apresentava claros sinais de maus-tratos e desidratação e que não possuía forças para se locomover sozinha. Durante o resgate a mulher teve que ser carregada pelas autoridades para sair da residência. De acordo com as informações, a idosa foi socorrida e encaminhada para o Hospital Ouro Verde, em Campinas (SP).

A Polícia Militar declarou que a residência estava sem o abastecimento de água e dentro da geladeira foi encontrada apenas uma sacola de pão que já estava vencida desde o mês de fevereiro. Um filho da idosa foi localizado, mas preferiu não se declarar sobre o fato. O homem chegou ao local juntamente com uma cuidadora. A cuidadora declarou que recebe cerca de 300 reais por mês e usa o salário da idosa para comprar mantimentos e medicamentos para ela.

Publicidade

Após o fato o filho da idosa juntamente com a cuidadora deverão prestar esclarecimentos a Polícia Civil para que o caso seja averiguado e comecem as investigações.  Os vizinhos da mulher relataram que já a ouviram chorar por diversas vezes, e que a idosa se encontrava “sumida” mesmo sendo a dona do imóvel.

Publicidade

Ainda não se sabe o verdadeiro estado de saúda da senhora e a Assistência Social do município de Campinas ainda não foi informada sobre o caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade