in

Auxílio Emergencial: novo calendário do benefício já tem data para ser divulgado; quem receberá primeiro?

Benefício terá mais quatro cotas em 2021, mas com valores diferenciados de acordo com perfil.

Agência Brasil

Depois de alguns meses de discussões e um cenário de indefinição, o Auxílio Emergencial está de volta. Responsável por ser uma “válvula de escape” para a economia nacional e no cotidiano delicado de milhares de famílias que foram impactadas pela pandemia, o benefício terá mais quatro pagamentos.

Publicidade

Em sua nova fase, o Auxílio Emergencial voltará mais limitado, e deve atender cerca de 46 milhões de brasileiros. Os pagamentos terão início no próximo mês, e irão variar de acordo com o perfil de cada família.

Famílias compostas por apenas uma pessoa receberão R$ 150, mães chefes de família terão direito a R$ 375 por mês, enquanto a média do benefício (famílias com duas ou mais pessoas) recebem R$ 250. Diferentemente do ano passado, o benefício atenderá apenas um membro da família.

Publicidade

O benefício não atenderá pessoas que não foram contempladas no ano passado. “Não precisa ir nas agências da Caixa Econômica, para evitar aglomerações”, disse Roma. O dinheiro será depositado na poupança digital dos beneficiários. 

Publicidade

Calendário

Em entrevista ao programa A Voz do Brasil,, o ministro da Cidadania, João Roma, afirmou que o cronograma de pagamentos da primeira parcela será divulgado na próxima semana.

Publicidade

Ao que tudo indica, conforme sinalizado, que o cronograma de pagamentos do Auxílio Emergencial atenderá inicialmente beneficiários, cadastro no CadÚnico, na sequência brasileiros cadastrados no programa por aplicativo, e por fim os beneficiários que integram o Bolsa Família, que devem iniciar o recebimento a partir do dia 16 de abril, seguindo o dígito final do NIS (Número de Inscrição Social). 

Ainda na entrevista, o ministro João Roma trouxe detalhes sobre mudanças no Bolsa Família. Segundo ele, a partir de agosto deste ano, o programa será ampliado para atender um quantitativo maior de famílias. 

Publicidade
Publicidade