in

Idoso morre após ser atendido no chão de UPA no Piauí; unidade não tinha leito e cena gera revolta e comoção

Paciente deu entrada na unidade hospitalar com quadro de parada cardíaca.

UOL

Um caso comovente ocorrido em uma UPA de Teresina revoltou moradores e evidenciou o estado de calamidade que vive a saúde brasileira. Um idoso, que não teve a identidade revelada, morreu no chão da unidade, enquanto aguardava um leito.

Publicidade

De acordo com informações da UPA, o paciente chegou na unidade situada no bairro de Promorar, na capital piauiense, com um quadro de parada cardiorrespiratória. Como não havia leito disponível no momento, a equipe de socorro iniciou o procedimento de reanimação no piso do local, mas a vítima acabou não resistindo. 

O atendimento improvisado acabou sendo registrado por outros pacientes que estavam na unidade no momento. Vídeos foram divulgados nas redes sociais e viralizaram. O caso ocorreu na tarde da última quarta-feira (17). Não foi revelado se o paciente estava infectado com o coronavírus, um exame deve ser realizado para ser obtido esta informação.

Publicidade

Desabafo

Integrante da equipe que atendeu o paciente, a técnica em enfermagem Polyena Silveira, concedeu entrevista ao portal UOL, e externou a situação caótica da unidade.

Publicidade

“Ele (o paciente) já chegou com uma parada. Não tínhamos leito, mas fizemos de tudo. Foram mais de seis ciclos de reanimação, mas infelizmente, ele não resistiu”, afirmou a profissional de saúde, que afirmou trabalhar na área já há 8 anos, mas nunca viu um cenário tão complicado como nos últimos meses. 

Publicidade

Nota

Procurada pela reportagem do UOL, a Fundação de Saúde de Teresina, que é responsável pela UPA onde o caso foi registrado, informou que o paciente já chegou na unidade em estado grave.

A Fundação ainda acrescentou que a equipe de plantão iniciou o processo de reanimação enquanto uma maca era providenciada. Contudo, como a gravidade do idoso era alta não houve condições de interromper o processo para mudá-lo de local. 

O Piauí é um dos estados brasileiros que estão enfrentando um grande colapso na saúde. A taxa de ocupação de UTI para Covid-19 no estado é de 91%. Desde o início da pandemia, o Piauí computa quase 190 mil casos de infecção e mais de 3,7 mil mortes por conta da doença, segundo a última atualização. 

Publicidade
Publicidade