in

Vídeo mostra garoto Henry poucas horas antes da morte; caso segue em investigação

Henry e o pai estavam bem em uma loja de um shopping do Rio de Janeiro horas antes da morte do garoto.

Arquivo pessoal Monique Medeiros da Costa Almeida

A morte do garoto Henry Borel, de 4 anos, segue repercutindo em todo o Brasil. No final de semana dos dias 6 e 7 de março, o garoto estava sob os cuidados do pai, o engenheiro Leniel Borel de Almeida Jr. Na noite do domingo, o pai o levou de volta à casa da mãe, a professora Monique Medeiros da Costa Almeida.

Publicidade

Tudo parecia bem. Durante a madrugada, por volta das 3h30, Monique acordou com o barulho da TV e foi até o quarto ver como o filho estava. Ela e o namorado, Jairo Souza Santos, o Dr. Jairinho, vereador na cidade do Rio de Janeiro, assistiam série no quarto de hóspedes.

Henry estava desacordado, foi socorrido pelos dois e levado ao hospital Barra D’Or, no mesmo bairro onde fica o apartamento de Monique. O garoto não resistiu e morreu. Laudo do Instituto Médico Legal (IML) revelou que ele sofreu hemorragia e tinha edemas.

Publicidade

Vídeo mostra Henry e o pai em shopping

O programa Cidade Alerta, da Record TV, exibiu uma imagem que mostra Henry e Leniel em uma loja de um shopping do Rio de Janeiro. As imagens da câmera de segurança mostram que Henry parecia estar bem. Muito carinhoso, ele abraça o pai, que aguarda a caixa para fazer o pagamento. De acordo com Luiz Bacci, foi Leniel quem foi atrás das imagens da câmera de segurança.

Publicidade

Em seguida, o menino sai do raio da câmera. Logo após ele retorna, fica próximo do pai, coloca a mão na cintura e se movimenta. Por fim, ele mexe no caixa e tenta abrir a gaveta. As imagens foram registradas às 16h27. Henry parecia muito bem. Menos de 12 horas depois, o menino estaria morto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!