in

Instagram busca medidas para combater assédio a menores

Aplicativo impedirá que adultos envie mensagens a crianças e adolescentes que não os seguem

Reprodução

Nesta última terça-feira (16), o aplicativo Instagram anunciou que realizará implementações nas suas políticas de segurança. Os novos recursos serão destinados a proteger crianças e adolescentes. Com as novas regras, adultos não poderão enviar mensagens, o famoso “direct”, para crianças e adolescentes que não se encontram em sua lista de seguidores.

Publicidade

Quando houver a tentativa de envio de mensagens o aplicativo alertará o adulto que o recurso não está disponível. A mudança será aplicada em todo o mundo. A rede social informou que o recurso de segurança utilizará a informação da idade fornecida na hora do cadastro e também contará com uma inteligência artificial para identificar tentativa de fraudes.

Quando houver a comunicação e interações de maiores de 18 anos com crianças e adolescentes, o aplicativo declarou que os menores também serão avisados, através de uma mensagem que denuncia comportamento suspeito. Quando houver essa notificação, o aplicativo dará ao menor de bloquear e denunciar a conta direto no chat.

Publicidade

Através de outros recursos de segurança o aplicativo informou que tentará dificultar que adultos com comportamento suspeito ache os menores de idade na ferramenta “sugestões para você”. O Instagram comunicou que restringirá as contas de adultos que tentam seguir ou enviar muitas mensagens para menores de idade.

Publicidade

Outra medida adotada pela rede social será quando uma criança ou adolescente se cadastrar no aplicativo, o mesmo será convidado a deixar a sua conta como privada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade