in

Marido de idosa que foi encontrada morta após faltar em vacinação é um dos principais suspeitos da morte

No local, quando questionado sobre a idosa, o seu marido, que será investigado, afirmou que ela estaria no exterior.

Reprodução/Globo

Na Escócia, autoridades de Aberdeen encontraram o corpo de uma idosa morta em casa após ela não ter comparecido à vacinação contra o coronavírus. Segundo a polícia, a idosa, Christina Malley pode ter morrido há cerca de 12 anos.

Publicidade

O corpo da idosa foi encontrado após enfermeiros decidirem fazer uma visita para ela após não ter comparecido para tomar a vacina contra a Covid-19. Autoridades se deslocaram até à residência da idosa após serem acionados no local.

Quando questionado sobre a esposa, o marido de Malley costumava afirmar que ela estava no exterior – ele é alvo da investigação.

Publicidade

 De acordo com informações divulgadas pelo jornal local Daily Record, os restos mortais da idosa, que hoje estaria com ao menos 80 anos, foram encontrados dentro da casa pelas autoridades.

Publicidade

Com a localização dos restos mortais da vítima, a polícia abriu um inquérito para apurar o caso. Mesmo assim, os agentes ainda tentam determinar como e quando a idosa morreu, contudo, temem que isso possa ter acontecido há mais de 10 anos.

Publicidade

Em busca de pistas, oficiais especializados fecharam a propriedade, que é localizada no térreo, em busca de pistas do ocorrido.

De acordo com informações passadas pelo porta-voz da polícia, as agentes se deslocaram até à casa da idosa no dia 25 de fevereiro de 2021, após o corpo de uma mulher ter sido encontrado no local. O porta-voz afirma que a morte ainda é tratada como inexplicável, mas ressalta que as investigações do caso ainda estão em andamento. Além disso, ele afirma ainda que um relatório deve ser submetido ao Procurador Fiscal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade