in

Menino resgatado por PMs foi arrastado e agredido antes de ser enjaulado pelo próprio pai; homem segue preso

Criança de 6 anos foi resgatada sem camisa e na chuva dentro de uma estrutura de jaula montada em carro.

G1

Mais um caso de agressão e tortura contra criança chocou o país na noite do último domingo (14). Após denúncias anônimas, uma equipe da Polícia Militar da Estrutural, no Distrito Federal, se dirigiu até uma residência, onde se deparou com uma criança dentro de uma jaula.

Publicidade

O menino de 6 anos apresentava marcas de agressões, e relatou ter apanhado do pai, sendo posteriormente preso em uma jaula fixada no carro do agressor. De acordo com testemunhas, o homem espancou o menino após uma discussão com a esposa.

Relatos de populares dão conta que o suspeito arrastou a criança pelo chão e a prendeu dentro da jaula. Antes disso, o agressor teria batido no menino com um cabo USB de carregamento de celular. 

Publicidade

Acionados por volta das 22h30, os oficiais do Grupo Tático Operacional do 15º Batalhão se depararam com o menino preso dentro da jaula, sob chuva. Ao ser questionado, a criança disse que tinha apanhado do pai com “chicote”. 

Publicidade

A criança que estava seminua, recebeu uma camisa dos policiais e foi conduzida até o IML para realização de corpo de delito, onde ficou constatada a existência de agressão. A criança foi entregue à mãe na sequência, e não houve o acionamento do Conselho Tutelar, segundo a Polícia Civil. 

Publicidade

Preso

Detido em flagrante, o pai da criança foi conduzido até a 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul, e posteriormente foi encaminhado para outra unidade. O homem de 31 anos pode ser autuado por crime de lesão corporal e violência doméstica.   

As autoridades fixaram uma fiança de R$ 5 mil ao suspeito. Contudo, até o fechamento desta matéria, o valor não havia sido pago, e o homem permanece preso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade