in

Vídeo: ‘Tô sendo preso por querer levar comida para o meu filho’, trabalhador desabafa no Ceará

Homem chorou ao ser detido pela PM do Ceará durante manifestação contra o lockdown.

Reprodução Twitter André Fernandes

Cidadãos brasileiros se manifestaram em diversas cidades brasileiras, neste domingo (14), contra as medidas de isolamento impostas pelos governadores. Em Fortaleza, capital do Ceará, milhares de pessoas foram às ruas contra o lockdown imposto pelo governador Camilo Santana (PT).

Publicidade

O deputado estadual André Fernandes foi um dos que estiveram ao lado das pessoas que se manifestavam nas ruas. Em vídeo postado em sua conta oficial no Twitter, o deputado mostrou o choro de um trabalhador que foi detido pela Polícia Militar.

“Eu tô sendo preso porque eu tô querendo levar comida pro meu filho. Eu tô lutando pelos meus direitos. Eu tô levando comida pro meu filho”, comentou o homem, chorando, com a cabeça para fora da janela do ônibus da polícia. O vídeo viralizou nas redes sociais.

Publicidade

“Sabe o que é mais bizarro? É que eu mostro isso para meus familiares e amigos esquerdinhas e eles não enxergam! Parece uma tela em branco. É cansativo tentar colocar juízo onde não tem”, comentou uma internauta. “Meu Deus! Esse governador do Ceará é uma vergonha, como ele trata o povo desse jeito?”, questionou outra pessoa.

Publicidade

“Gente, nós vamos mudar isso. Vamos nos unir ainda mais. Esses aí são os verdadeiros herois. Não os 11 urubus e muito menos o Duende de nove dedos e seus seguidores”, desabafou mais um internauta. “E aí, PM Ceará? Estão do lado de quem, do pagador de impostos que paga os seus salários? Ordens absurdas não devem ser cumpridas. Querem o respeito do povo depois dessa?”, questionou mais um internauta.

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!