in

Urgente: ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pede demissão e está fora do governo Bolsonaro, diz site

Dois nomes já estariam sendo sondados para ocupar o lugar de Pazuello.

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

Após rumores sobre a queda do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a tarde deste domingo começou com uma notícia que pode gerar um grande impacto no cenário político nos próximos dias: Pazuello pediu demissão.

Publicidade

Segundo informações do portal Metrópoles, um ministro próximo a Jair Bolsonaro confirmou o movimento de troca e que o processo pode levar alguns dias. Pazuello teria alegado que chegou a seu limite no governo, e que enfrenta problemas de saúde relacionados à pressão e ao coração.

O pedido de afastamento de Pazuello coincide com a pressão de deputados do Centrão, que almejam a troca no comando da pasta, alegando má gestão no enfrentamento da pandemia do coronavírus, principalmente pelo atraso no cronograma de vacinação.

Publicidade

Dois nomes já estariam sendo sondados para ocupar o lugar de Pazuello

Publicidade

Informantes de O Globo disseram que pessoas próximas ao presidente já estão em contato com dois médicos para a suposta troca do ministro: Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Publicidade

O primeiro nome é o mais querido por Arthur Lira (PP-AL) e de deputados do Centrão.

Bolsonaro conversou com Arthur Lira no sábado, onde discutiram a troca no comando do ministério. Ao término da reunião, no fim do dia, Bolsonaro se reuniu com os ministros Eduardo Pazuello, Walter Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Fernando Azevedo (Defesa) no hotel de Trânsito do Exército, onde mora Pazuello.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.