in

‘A gente já tinha medo antes, com esse vírus ficou pior’, desabafa mãe de rapaz que luta pela vida na UTI com Covid-19

O país enfrenta um dos piores momentos da pandemia do novo coronavírus e tem batido recordes diários de mortes pela doença.

DCM - imagem ilustrativa

A Covid-19 tem feito milhares de vítimas no mundo inteiro. No Brasil, a situação é crítica e em várias cidades que beiram o colapso devido à falta de leitos de UTI para pacientes graves que foram infectados com o coronavírus. Apesar de tanto alerta das autoridades, muitas pessoas insistem em não obedecer as regras impostas para tentar evitar a contaminação desenfreada do vírus.

Publicidade

Maria de Lourdes, de 56 anos de idade, foi diagnosticada com Covid-19 recentemente. Apesar do desconforto para respirar, a sua grande preocupação era com o filho de 31 anos, que acabou precisando ser internado na UTI – Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal da Brasilândia.

A mulher começou a apresentar falta de ar no último fim de semana e precisou buscar ajuda médica. Ela acredita que tenha contraído a doença do filho. “Ele saía. Eu não tenho orgulho de dizer, mas ele saía para essas festas, bailes, que têm na comunidade. Não pode, né?, contou a vendedora que, por se sentir constrangida, pediu para não divulgar o nome do filho.

Publicidade

De acordo com a mãe, o filho é frentista e nesse período de pandemia continuou trabalhando normalmente. Antes da internação, o rapaz afirmou que teria contraído a doença no serviço, mas a vendedora diz com convicção que tem certeza que o filho pegou o vírus em uma das festas.

Publicidade

A mulher disse que sempre avisava e comentava sobre os casos que assistia na televisão. Ela ainda falou sobre o medo que tinha nessas festas e ressaltou que os moradores da comunidade não gostam. “A gente já tinha medo antes, com esse vírus ficou pior. Era uma festa, mas virou suicídio”, frisou a mãe.

Publicidade

Infelizmente, muitas pessoas insistem em realizar eventos clandestinos colocando em risco a própria vida e contribuindo para a proliferação do vírus. O número de mortos por coronavírus já ultrapassa a marca de 270 mil pessoas no país.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.