in

Vereador é morto a tiros junto ao filho na saída de restaurante; filha de Beira-Mar herdará o cargo

Pai e filho foram assassinados na última quarta-feira (10), por homens armados na Praça Jardim Primavera, em Caxias, Rio de Janeiro.

G1 | Divulgação

Na última quarta-feira (10), o vereador Danilo Francisco da Silva, conhecido como Danilo do Mercado, e o filho, Gabriel da Silva, de 25 anos, foram assassinados a tiros por homens encapuzados ao saírem de um estabelecimento. De acordo com o site G1, Danilo era vereador da cidade de Duque de Caxias, Rio de Janeiro.

Publicidade

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios do município, que instaurou inquérito para apurar os fatos. Danilo estaria sendo investigado por diversos crimes, incluindo um suposto envolvimento com a milícia. A Câmara de Vereadores da cidade emitiu nota lamentando a morte do parlamentar e elogiando seu legado na política.

O comunicado ainda prestou condolências à família do vereador pela morte de dois entes queridos. A prefeitura de Duque de Caxias também lamentou a morte de Danilo através de nota. Uma perícia foi realizada no local na tarde de quarta (10).

Publicidade

O vereador era visto por colegas de trabalho como um profissional correto e dedicado. O crime repercutiu de forma ampla nas redes sociais. Amigos e colegas de profissão de Danilo Francisco também lamentaram o crime brutal. Maiores detalhes do velório não foram divulgados.

Publicidade

Com a morte do parlamentar, Fernanda Costa, filha do traficante Fernandinho Beira-Mar, deverá assumir o posto vago já que ficou como suplente no fim das eleições para vereador no Rio de Janeiro. Fernanda já atuava como vereadora provisoriamente devido à nomeação do vereador eleito Fernando Lélis como secretário de Serviços Públicos da cidade.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade