in

Mulher faz exame de Covid-19 e recebe resultado alarmante: ‘Covid-19 – Óbito’

Argentina radicada no Brasil ficou surpresa ao ver o que estava em seu exame de Covid.

Reprodução: Isto É

Ailin Rocino de Aguiar Leite tem 33 anos, nasceu na Argentina e mora atualmente no Brasil. No dia 15 de fevereiro, Ailin e uma amiga procuraram atendimento médico no PAM Rodoviária ao apresentarem sintomas como febre, dor no corpo e dor de cabeça.

Publicidade

Na unidade de saúde, o médico pediu que as duas realizassem o teste para Covid-19 e deu a elas um atestado de cinco dias. No dia 1º de março, Ailin e a amiga estavam sem sintomas e voltaram ao local para pegar o resultado do exame.

Ailin contou ao G1 que entregou o documento de identidade ao atendente e aguardaram a entrega dos resultados dos exames. Quando foram chamadas, as amigas descobriram que os testes deram positivo. A argentina pegou o exame e guardou na bolsa sem olhar. Pela lógica, se no dia 15 ela estava com Covid-19, duas semanas depois a doença já havia sido eliminada do organismo.

Publicidade

Em casa, a assistente administrativa resolveu olhar o exame e se deparou com a informação de que estava morta por causa da contaminação por Covid. “Estava escrito ‘Covid-19 – Óbito’. Fiquei indignada e preocupada, porque sou estrangeira, natural da Argentina, e meus documentos têm validade”, contou ao G1.

Publicidade

“Meu medo foi de ter sido declarada morta, estando viva”, disse a mulher. O resultado do exame da amiga estava correto, apontando a Covid-19, mas sem declaração de óbito. Segundo a Prefeitura do Guarujá, litoral do estado de São Paulo, houve erro de digitação. 

Publicidade

Ailin entrou em contato com a ouvidoria da prefeitura, mas o documento só foi corrigido porque ela tem uma amiga que tem contato com a prefeitura da cidade. Após reunião com a secretária de Saúde, Ailin recebeu o exame corrigido. Segundo a administração municipal, o documento emitido com erro de digitação não é um atestado de óbito.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!