in

Família se muda e menino morre na nova casa dias depois; bombeiro alerta sobre perigo

Menino de 5 anos morreu mesmo após ter sido levado à unidade de pronto atendimento (UPA).

Reprodução G1

Uma família da cidade de João Pessoa estava feliz da vida. Eles se mudaram para uma nova casa no final de semana. O local tem uma piscina que toda criança adora. Foi aí que uma tragédia aconteceu. Um menino de 5 anos morreu afogado. O caso aconteceu na terça-feira (9), dias depois de a família se mudar.

Publicidade

John Wesley estava na borda da piscina com a mãe e o irmão de quatro anos. De acordo com as informações passadas pela família, a mãe precisou ir até a cozinha verificar a comida que tinha deixado no fogo. De repente, o filho menor começou a gritar.

Quando a mãe retornou ao local, o tempo exato não foi divulgado, John Wesley já estava no fundo da piscina. A mãe retirou o garoto do local e o levou para a unidade de pronto atendimento (UPA). Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu o garoto, mas ele não resistiu e morreu.

Publicidade

Bombeira orienta no cuidado às crianças

O telejornal Bom Dia Paraíba ouviu um bombeiro, que deu alerta sobre os cuidados que se devem ter com as crianças. “Poucos centímetros de água podem causar um acidente. Temos que ter cuidados com baldes, banheira e vaso sanitário”, afirmou o tenente Almeida, referindo-se às crianças menores.

Publicidade

O bombeiro também alertou que em praias não é aconselhável deixar os filhos distantes e que as crianças maiores (a partir de 4 ou 5 anos) não devem ficar em locais em que a água ultrapasse da cintura. O tenente também alertou que bóias e bolas são perigosas porque transmitem falsa sensação de segurança. O colete salva-vidas é a melhor opção.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!