in

Bolsonaro perde a paciência e chama de ‘idiota’ imprensa e população que pedem compra de vacinas

Em encontro com apoiadores em Uberlândia (MG), o presidente informou que destinou R$ 20 bilhões para a compra de vacinas por meio de MPs.

YouTube/UOL | Reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), durante um encontro com apoiadores em Uberlândia (Minas Gerais) na última quarta-feira (04), criticou as pessoas que exigem a compra de mais doses da vacina contra a Covid-19 pelo governo federal. De acordo com o político, não há no mercado internacional quantidade suficiente para atender toda a demanda, razão pela qual será necessário aguardar.

Publicidade

“Tem idiota que a gente vê nas redes sociais, na imprensa, [dizendo] ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe. Não tem [vacina] para vender no mundo”, disparou o presidente, em tom de grande irritação.

Presidente atualiza investimentos para a aquisição de vacinas

Durante o encontro com os seus apoiadores, Jair Bolsonaro declarou que editou medidas provisórias responsáveis pela destinação de R$ 20 bilhões dos cofres públicos para a compra de vacina. No atual ritmo de produção, estima que, ainda em março, um novo lote de 22 milhões de doses serão entregues à população, sendo distribuídas entre todos os estados da federação.

Publicidade

Idas e vindas do governo no negócio bilionário da vacina

Lastrado por um discurso antivacina, colocando em dúvida a eficácia geral do imunizante, o governo do Brasil perdeu diversas oportunidades de acordo que poderiam ditar um ritmo mais acelerado no atual momento de imunização em massa. Em outubro de 2020, o presidente chegou a vetar a aquisição da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac. Hoje, é a principal vacina que o país possui à sua disponibilidade.

Publicidade

Não bastasse, rejeitou uma oferta de negócio com o laboratório Pfizer em setembro do ano passado. Na última semana, porém, o governo federal voltou atrás e assinou de maneira tardia o acordo. Até a noite de sexta-feira (05), 7,35 milhões de brasileiros foram vacinados com a primeira das duas doses da vacina, o equivalente a 3,47% da população.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com