in

Bolsonaro diz porque Globo não deve ser chamada de lixo e arranca risos dos apoiadores; vídeo

Presidente voltou a criticar a emissora em discurso para apoiadores, em Goiás.

Reprodução: Globo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem uma relação conflituosa com a TV Globo há algum tempo. Desde à época da campanha eleitoral, em 2018, o então candidato se desentendia com a maior emissora do Brasil. No Jornal Nacional, o embate entre Bolsonaro e William Bonner e Renata Vasconcellos repercutiu à época.

Publicidade

Ontem, o presidente esteve em Goiás para inauguração do trecho da ferrovia Norte-Sul, e voltou a criticar a emissora. Em conversa com apoiadores, Bolsonaro não poupou a TV Globo. “Perdeu a credibilidade, virou partideco político a grande imprensa”, disse Bolsonaro, falando aí não só da Globo, mas de outras empresas de comunicação também.

Neste momento, um apoiador gritou “Globo lixo”. “Não aceito chamar a Globo de lixo”, disse Bolsonaro. Em seguida, o presidente completou: “porque lixo é reciclável”. Os apoiadores que o cercavam deram risada. O ministro Onyx Lorenzoni também aparece sorrindo no canto do vídeo.

Publicidade

Publicidade

O vídeo foi postado por apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais e está repercutindo. O presidente, aliás, lançou um estoque de frases de efeito na visita a Goiás. Bolsonaro disse que é preciso parar o “mimimi” ao falar sobre a pandemia e a nova onda de fechamento de serviços não essenciais em todo o Brasil e chamou de “idiota” quem pede por vacinas.

Publicidade

As frases do presidente repercutiram. Desde o começo da pandemia, Bolsonaro tem sido muito criticado por usar mal as palavras. Nas redes sociais, por exemplo, tem muita gente que torce pelo impeachment do chefe do Executivo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!