in

Filha comove ao mostrar últimas mensagens da mãe, que morreu vítima da Covid: ‘não tem vaga em lugar nenhum’

Mulher de 42 anos aguardava a disponibilidade de leito de UTI, mas acabou não resistindo.

UOL

Uma jovem de 23 anos viralizou no Twitter após compartilhar prints de uma última troca de mensagens com a mãe, vítima fatal da Covid-19. O caso foi registrado em Esteio, no Rio Grande do Sul. Segundo Giulia, a mãe ficou aguardando uma vaga na UTI por muito tempo. 

Publicidade

No print, a mãe da jovem, Valéria Heloísa, afirma que será transferida para a UTI, mas enfatizou que não tinha vaga em lugar nenhum: “Eu vou para a UTI, só não tem vaga em lugar nenhum. Amo vocês”, afirmou a paciente.

Na sequência, Giulia tenta confortar a mãe e passar forças, pedindo que ela continue firme para acompanhar a sua formatura. 

Publicidade

“Nós te amamos muito também. Tu tem que ser firme, tu tem que ver eu me formar”, disse Giulia, na última mensagem enviada para a mãe de 42 anos, que acabou não resistindo e morreu pouco depois.

Publicidade

Além de Giulia, a mulher de 42 anos deixou outras duas filhas. Na publicação feita, a jovem de 23 anos lamentou o fato da mãe não poder ver ela se formar e fez um alerta para todos se cuidarem, utilizando os equipamentos de proteção individual e saindo somente em casos de necessidade. 

Publicidade

Após a publicação de Giulia viralizar, várias pessoas comentaram no post lamentando a situação, enquanto outros aproveitaram para revelar casos de perdas na família por conta da Covid-19.

Internação

Em entrevista para a revista Maria Claire, Giulia disse que a mãe deu entrada na unidade hospitalar no dia 21 de fevereiro e acabou apresentando piora no quadro clínico nos dias seguintes. No último sábado (27), Valéria Heloísa necessitou de um leito de UTI, entretanto, não havia nenhum disponível no município e cidades mais próximas.

Publicidade
Publicidade