in

Avião que levava vacina contra a Covid-19 colide em jumento e prefeito desabafa: ‘fugimos de uma tragédia’

Colisão acabou atrasando a distribuição de imunizantes em cidades vizinhas, mas vacinas não foram comprometidas.

G1

Um acidente aéreo ocorrido na manhã desta quarta-feira (03), em Ibotirama, na Bahia, acabou viralizando nas redes sociais. Um avião que transportava vacinas contra a Covid-19 colidiu contra um jumento. 

Publicidade

O prefeito do município, Laercio Santana (PSB), desabafou sobre a situação, e destacou que o cenário poderia ter sido muito pior.

“Graças a Deus fugimos de uma tragédia. Hoje, infelizmente, me deparo com a situação indesejada, mas graças a Deus sem nenhum prejuízo à saúde das pessoas. A gente tem que focar na responsabilidade de tentar ao máximo não deixar seus animais soltos”, disse o gestor de Ibotirama.

Publicidade

Ainda de acordo com o prefeito, será iniciado um processo de captação dos animais nas ruas, e donos serão notificados.

Publicidade

O caso

A aeronave da Casa Militar do Governador da Bahia, efetuava o transporte de doses de imunizantes contra o coronavírus para o município do interior baiano que fica no oeste do estado, quando colidiu contra um jumento, que estava na pista do aeródromo. A aeronave estava realizando o pouso no aeródromo quando o acidente foi registrado.

Publicidade

O avião estava levando quatro caixas com imunizantes. Apesar da colisão, as vacinas não foram danificadas. Segundo informações da Secretaria da Saúde da Bahia, o piloto não sofreu ferimentos, enquanto o animal ficou ferido e se evadiu do local. 

O avião teve pequenos danos e logo na sequência outra aeronave foi acionada para realizar a distribuição dos imunizantes. Em função da logística por conta do acidente, houve um atraso na chegada dos imunizantes em municípios que seriam abastecidos. Circunvizinhos de Ibotirama, as cidades de Santa Maria da Vitória, Guanambi e Barreiras foram abastecidas.

Publicidade
Publicidade