in

Jovem multada após dar à luz em cadeira de dentista tem dívida paga por policiais

A holandesa Jessica Aaldering, de 23 anos, foi cobrada no valor de € 211,75 após passar mal e dar à luz em uma cadeira de dentista.

Imagem/ Reprodução

Jessica Aaldering, de 23 anos, estava andando de bicicleta em Velp, na Holanda, quando começou a sentir fortes dores na barriga. Diante do ocorrido, a jovem foi socorrida por dois policiais que a levaram até uma clínica de dentista, que estava localizada próxima ao local. As informações foram divulgadas em primeira mão pelo jornal The Sun.

Publicidade

Jessica, que não sabia que estava gestante, se surpreendeu quando acabou dando à luz na cadeira do dentista. De acordo com informações passadas pelos policiais que ajudaram a holandesa, o cordão umbilical se rompeu, por isso, eles tiveram que realizar uma massagem cardíaca para reanimar o recém-nascido.

Diante da rápida atitude dos agentes, o bebê sobreviveu e foi levado para o Hospital Arnhem Rijnstate, onde teve que permanecer na incubadora. No entanto, o mais surpreendente do caso aconteceu semanas após o nascimento.

Publicidade

Semanas depois do episódio, Jessica recebeu uma carta que foi enviada pelo dentista da clínica onde ela acabou dando à luz. No texto, o profissional pedia que a jovem pagasse € 211,75, cerca de R$ 1,4 mil em moeda brasileira, por causa dos “danos do parto”. Ainda de acordo com o jornal, o consultório afirmou que teve que fazer a contratação de uma empresa para realizar a limpeza da sala onde Jessica deu à luz.

Publicidade

Segundo Jessica, seu seguro de saúde se recusou a arcar com o custo do parto, isso porque o mesmo só é valido para partos domésticos e em maternidades – não em clínica odontológica como aconteceu com a jovem.

Publicidade

Por sorte, a nova mamãe foi socorrida novamente pelos policiais Rob Van Duuren e Milan Van Der Heijden, que se ofereceram para pagar o valor cobrado pela clínica.

Publicidade
Publicidade
Publicidade