in

Tragédia: mãe implorou para que a deixasse morrer e salvasse o filho de 5 anos vítima do temporal

Os bombeiros trabalharam de forma árdua para tentar localizar a criança, ela foi encontrada sem vida.

Tempo

A tragédia provocada pelas fortes chuvas na cidade de Santa Maria de Itabira tem gerado grande comoção na população. Infelizmente, entre as vítimas fatais está uma criança de apenas cinco anos de idade. Dawid Dener da Silva Gonçalves, de 37 anos, pai do menino Bruce Dener que morreu vítima do deslizamento provocado pelo temporal comoveu com desabafo.

Publicidade

“Eu não podia deixá-lo na lama. Graças a Deus consegui enterrar meu filho. Estou um pouco mais aliviado, mas a dor de pai permanace”, disse o pai do garotinho. O mecânico ainda revelou detalhes de como a tragédia aconteceu. O homem também falou que o corpo do filho foi enterrado nesta terça-feira, 23 de fevereiro e segundo ele, a mãe da criança pediu para que a deixassem morrer, mas que salvassem o seu único filho.

Dawid contou que a família foi dormir normalmente e que não estava chovendo. O filho tinha o costume de dormir na cama dos pais. Ele escutou um barulho durante a madrugada na casa do vizinho, local que segundo o mecânico costuma cair um barranco. Foi quando levantou com a esposa e deixou o filho dormindo. Ao olhar para o banheiro da casa viu que estava entrando água no banheiro. Foi quando saiu de casa para poder ver o que estava acontecendo e a lama desceu. “Saí de casa para ver o que estava acontecendo no banheiro e, quando agachei, a lama já veio. Foi coisa de segundos”, desabafou.

Publicidade

A parede do banheiro acabou protegendo o mecânico e quando saiu do cômodo viu que a esposa estava coberta pela lama. Ele viu o braço da mulher e cavou para ela poder respirar, mas ela pediu para que salvasse o filho. Infelizmente, o mecânico não teve tempo de fazer nada.

Publicidade

Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros trabalharam em busca da criança por mais de 30 horas, até que o corpo do menino foi localizado nesta última segunda-feira, 22 de fevereiro. A mãe da vítima está internada no Hospital Pronto Socorro João XXIII, na capital mineira, com uma fratura no fêmur.

Publicidade
Publicidade