in

Médica diz que mais de 90% dos pacientes em UTI de Natal tomaram remédio sem eficácia comprovada

Integrante de Comitê Científico do RN criticou prefeito de Natal por querer distribuir o medicamento em postos de saúde.

G1

A doutora Marisa Reis, do Comitê Científico do Rio Grande do Norte, deu entrevista ao telejornal Bom Dia RN, na manhã desta terça-feira (23). A médica criticou o uso da Ivermectina no chamado “tratamento precoce” da Covid-19. Em Natal, o prefeito da cidade, Álvaro Costa Dias (PSD), afirmou que vai distribuir o medicamento nos postos de saúde.

Publicidade

“É inaceitável que médicos e o prefeito da cidade de Natal, que é médico, venha dizer que ele vai distribuir Ivermectina nos postos. Isso é uma vergonha. Não adianta a população se esconder atrás de um comprimido de Ivermectina achando que ele vai te proteger”, afirmou Marisa.

Sem citar dados ou fontes, ela disse também que mais de 90% das pessoas internadas nas unidades de terapia intensiva (UTIs) da capital do Rio Grande do Norte fizeram uso do medicamento. Nas redes sociais, muitas pessoas comentaram sobre a entrevista da profissional de saúde.

Publicidade

Publicidade

A Covid-19 já matou 247 mil pessoas em todo o Brasil. O país é o segundo do mundo em número de mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, que ontem atingiu a marca de 500 mil óbitos em decorrência da doença causada pelo coronavírus. Em todo o planeta, mais de dois milhões de pessoas perderam a vida.

Publicidade

Para que serve a Ivermectina?

A bula do remédio aponta que ele é destinado para o combate de alguns parasitas e também do ácaro Sarcoptes scabiei, que causa a escabiose, doença que também é conhecida como sarna humana. A ivermectina também é recomendada para quem tem pediculoso, termo técnico usado para definir a infestação por piolhos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!