in

Vídeo: mulher tem a casa invadida enquanto gravava vídeo dançando e expulsa o invasor

O vídeo foi publicado pela própria técnica de enfermagem nas redes sociais junto com um relato do que ocorreu.

Reprodução/Youtube

A técnica de enfermagem Angela Maria Gonçalves passou por momentos assustadores enquanto gravava um vídeo dançando na última quarta-feira, 17. A mulher estava em sua casa em Paranaguá, no Paraná, quando se deparou com um homem invadindo a mesma.

Publicidade

Enquanto dançava, a técnica de enfermagem viu o homem parado no portão. Momentos depois, ele tira os chinelos, entra na casa e vai na direção de Angela. Ela reage, agride o homem e o expulsa do local.

O vídeo do ocorrido foi publicado por Angela nas redes sociais. No post, ela conta que a porta de vidro estava parcialmente fechada, para que assim, quem passasse pela rua não tivesse uma nítida visão do que acontecia dentro da casa. Diante do ocorrido, ela conta ter se assustado e agido de forma natural como se já conhecesse o invasor, isso até que ele tenta a agarrar. Neste momento, Angela conta ter usado o seu “instinto dócil de pitbull”, e ‘sentado o cacete’ no homem.

Publicidade

Publicidade

A técnica diz ainda que, se ao invés de reagir, ela estivesse sentido um instinto de medo, o suspeito teria a contido sem medir força e “o pior poderia ter acontecido”. Angela conta ainda que na casa estavam ela e sua filha de 11 anos.

Publicidade

Ela diz que se o portão da casa estivesse trancado, se tratando de um “tarado”, ele teria pulado o que, para ela poderia ter piorado ainda mais a situação, já que neste caso ele não iria fugir do local como aconteceu, ao invés disso, ele poderia agredi-la.

Após sua publicação, o vídeo de Angela já foi visto por mais de 1 milhão de usuários das redes sociais.

Publicidade
Publicidade