in

Covid-19 mata bebê de 1 ano em Chapecó (SC) e familiares ficam desolados com perda

Morte ocorreu na última segunda-feira (15), mas só foi confirmada nesta quinta.

UOL

A Prefeitura de Chapecó (SC) por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta quinta-feira (18), a morte de uma bebê de 1 anos e 28 dias por complicações da Covid-19. O óbito da criança foi registrado na última terça-feira (16), e consta no balanço divulgado na manhã de hoje. As informações acerca de como a criança foi infectada pelo coronavírus não foi revelada. 

Publicidade

Em entrevista realizada na tarde desta quarta-feira (17), o prefeito do município catarinense, João Rodrigues (PSD), disse que três recém-nascidos estavam internados na UTI Covid Neonatal diagnosticados com a doença. 

Além da morte da criança de 1 ano, outros dois óbitos foram confirmados no Boletim Epidemiológico divulgado nesta manhã (18). As duas vítimas são do sexo masculino, uma de 69 anos e outra de 75 anos. Ambos estavam internados no Hospital Unimed. 

Publicidade

Índices da Covid

Com os três óbitos registrados, a cidade de Chapecó chega a 167 mortes em decorrência da Covid-19. No momento, o município conta com 2.779 pacientes com o vírus ativo e mais de 1,3 mil que ainda aguardam o resultado dos testes realizados – estes apresentam sintomas da doença respiratória.

Publicidade

Nas últimas horas, Chapecó confirmou 503 novos casos de pessoas infectadas, sendo o maior índice da semana. Desde março de 2020, a cidade já registrou 19.945 infectados. Deste quantitativo, quase 17 mil pessoas já se recuperaram da doença. 

Publicidade

O número de internações nos dois hospitais da cidade é de 162 pessoas, sendo 62 na UTI Covid, e outros 86 na enfermaria. Diante da falta de leitos, 14 pacientes estão em leitos improvisados em salas e corredores. 

Publicidade
Publicidade