in

Mãe e dois filhos morrem de Covid-19 em uma semana e desabafo da família comove: ‘Não aguento mais chorar’

Família foi devastada em um curto intervalo de tempo por conta do coronavírus.

G1

A pandemia do coronavírus segue assolando a população nacional de forma arrebatadora. Nos últimos meses, diversas histórias comoventes foram protagonizadas por famílias brasileiras, muitas delas com cenário desoladores de diversas perdas em um curto intervalo de tempo.

Publicidade

Esse sentimento foi vivido pela família do assistente comercial Rodolfo Rodrigues Passeli de Carvalho, de 28 anos, morador em Birigui, no interior de São Paulo. Em um intervalo de apenas uma semana, eles perderam a mãe e os dois filhos dela – a avó e os tios de Rodolfo -, todos pela Covid-19.

“Enquanto alguns estão fazendo festas clandestinas e comemorando, minha família está chorando. As pessoas não têm consciência e a fiscalização é falha. Eu não aguento mais chorar”, desabafou o auxiliar comercial em entrevista ao portal UOL.

Publicidade

Perdas rápidas

De acordo com Rodolfo, a tia Silvana Passeli, de 54 anos, foi a primeira da família que apresentou sintomas do coronavírus, no dia 8 de fevereiro. Do grupo de risco da doença por ser obesa e ter problemas pulmonares, ela deu entrada na Santa Casa de Birigui um dia depois.

Publicidade

Residindo na mesma casa da filha, a aposentada Neide Rodrigues Passeli, de 74 anos – avó de Rodolfo -, também começou a ter sintomas da Covid-19 um dia depois. Como eles foram menos graves, e o resultado do teste da filha ainda não havia saído, a idosa iniciou o tratamento domiciliar. Para a surpresa da família, dona Neide morreu no dia seguinte, em casa.

Publicidade

Poucas horas do falecimento da mãe, o filho mais novo da aposentada, Deividi Rodrigues Cheregatto, de 33 anos, começou a ter sintomas graves da doença e foi internado na mesma unidade hospitalar em que a irmã estava.

Enlutados pela perda da matriarca, a família mal pôde absorver a morte dela, que em um intervalo de seis dias, os dois filhos dela acabaram não resistindo por complicações da doença. 

Publicidade
Publicidade