in

Idosa recebe ‘vacina de vento’ ao invés de imunizante contra Covid-19 no RJ e caso gera revolta

Aposentada teve que retornar no mesmo posto de vacinação no dia seguinte para ser devidamente vacinada.

G1

Uma senhora de 94 anos recebeu uma “dose de ar” ao invés da vacina da Covid-19. O caso ocorreu na última sexta-feira (12), em Petrópolis, no Rio de Janeiro, e foi registrado por familiares, que gravaram um vídeo, exibido no RJTV 2, telejornal da TV Globo. No ato da aplicação, as imagens evidenciam que a seringa está vazia.

Publicidade

O polêmico caso foi confirmado pela Prefeitura de Petrópolis, que afastou a técnica de enfermagem imediatamente. Ela será ouvida nesta segunda-feira (15). A aplicação da “vacina de vento” se deu em posto montado em uma universidade do município. Segundo informações repassadas pela prefeitura, a profissional responsável pela aplicação é contratada.

Um dia depois da ação que revoltou familiares, a aposentada retornou ao mesmo posto e foi devidamente vacinada com uma dose do imunizante contra a Covid-19. 

Publicidade

No vídeo feito por familiares da idosa, é possível ver a profissional tentando retirar a proteção da agulha da seringa. Na sequência, um familiar da aposentada aconselha ela a troca a seringa. A enfermeira foi até à tenda, pegou outra seringa, sem a dose do imunizante, e simplesmente aplicou a “vacina de vento”

Publicidade

Em nota divulgada, a Prefeitura de Petrópolis informou que já abriu um procedimento para apurar o caso e afirmou que as equipes de saúde são orientadas a cumprir todo o protocolo para a vacinação, inclusive permitindo todo o registro por parte dos familiares, se estes quiserem gravar o momento. 

Publicidade

Taxa de vacinados 

Iniciada no dia 17 de janeiro, a campanha de vacinação em solo nacional ainda está em um ritmo considerado lento por especialistas. No último balanço divulgado, o Brasil aparecia com 5.07 milhões de pessoas vacinadas, o que corresponde a 2,40% da população total do país. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade