in

Adolescente encontrada morta em árvore morreu estrangulada; suspeito do crime tem 15 anos e será internado

Ana Kemilli, de 14 anos, foi encontrada em meio à mata fechada em Campo Belo do Sul, na Serra Catarinense.

UOL | Divulgação

Um crime bárbaro chocou moradores de Campo Belo do Sul, na Serra Catarinense, na última quarta-feira (10). Ana Kemilli, de 14 anos, foi encontrada morta em uma região de mata fechada amarrada a uma árvore. De acordo com o site UOL, laudos preliminares apontam que a adolescente foi morta por estrangulamento.

Publicidade

Um adolescente de 15 anos confessou participação no crime, mas a polícia suspeita que um adulto também tenha participado. O Ministério Público de Santa Catarina pediu a internação imediata do menor, que deve ser encaminhado ao Dease (Centro Socioeducativo Regional de Lages).

Segundo o delegado Thiago Gomez, o menor se tornou suspeito após testemunhas afirmarem que ele estava na companhia de Kemilli momentos antes do seu desaparecimento. Mais tarde, o adolescente acabou confessando o crime. Ana desapareceu após sair para levar uma amiga em casa. A família procurou a polícia para declarar a ausência da menina e, durante as buscas, um de seus chinelos foi encontrado em meio à mata.

Publicidade

Nós já descobrimos o envolvimento de um maior de idade na morte de Ana Kemilli, mas não podemos passar mais informações para não prejudicar as investigações. De momento, a Justiça aceitou nosso pedido de internação do adolescente”, disse o delegado.

Publicidade

Ainda de acordo com as investigações, a adolescente teria sido morta em razão de feminicídio, que consiste no assassinato da vítima pelo fato dela ser mulher. Cabe ressaltar que caso algum cidadão presencie cenas de violência contra a mulher poderá denunciar através do número 180 de forma gratuita.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade