in

Familiares de adolescente encontrada morta amarrada desabafam sobre crime: ‘mataram ela sem dó nem piedade’

Menina estava desaparecida desde segunda-feira (08), e foi encontrada sem vida amarrada em uma árvore no interior de SC.

Notícia no Ato

O caso de morte da adolescente Ana Kemilli, de 14 anos, gerou forte comoção nacional e deixou familiares desolados com brutalidade do crime. Desaparecida desde a última segunda-feira (08), a jovem foi encontrada sem vida, amarrada em uma árvore em zona de mata do município de Campo Belo do Sul, em Santa Catarina.

Publicidade

A última vez que a jovem havia sido vista foi na segunda, quando teve um encontro com as amigas, e retornava para casa. Um adolescente de 15 anos se apresentou à polícia um dia após a localização do corpo da jovem, prestou depoimento e foi liberado, mesmo confessando participação no crime. A polícia solicitou a internação do mesmo, mas ainda aguarda decisão da Justiça.

Sepultamento

Sob forte comoção, o corpo de Ana Kemilli foi sepultado na manhã desta sexta-feira (12), no município de Campo Belo do Sul. Familiares e amigos presentes ecoaram pedidos de Justiça pelo crime brutal 

Publicidade

Segundo a tia da adolescente, Karin Morena, cerca de 400 pessoas acompanharam a chegada do corpo da vítima, que veio do IML de Lages. No trajeto a pé, centenas de pessoas seguiram o carro funerário até o Cemitério Municipal, levando cartazes com pedidos de justiça. 

Publicidade

“Minha sobrinha nunca fez nada a ninguém e mesmo assim mataram ela sem dó nem piedade”, desabafou Karin.

Publicidade

Vizinho

O jovem de 15 anos que se apresentou à polícia confessando participação no crime de morte de Ana Kemilli era vizinho da vítima. Ele, no entanto, não revelou quais foram as motivações do assassinato, e nem citou o envolvimento de outras pessoas.

A polícia segue investigando o caso tratado como feminicídio, e tenta encontrar mais pessoas que possam estar envolvidas no crime que chocou o município de Campo Belo do Sul.

Publicidade
Publicidade
Publicidade