in

Casal cai em blitz, e mulher descobre que marido usava nome falso e estava foragido desde 2009

Após a verificação da CNH do homem, os policiais constataram que ele fugiu da penitenciária onde cumpria pena por latrocínio em 2009.

Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na quarta-feira, 12, um homem que estava foragido da penitenciária de Janaúba (MG) desde o ano de 2009. De acordo com informações passadas pela corporação, os agentes estavam no Km 499 da BR 381 em Betim (MG), realizando uma blitz de rotina, quando abordaram o homem acompanhado de sua esposa.

Publicidade

O casal foi parado pela PRF enquanto voltavam de uma visita que fizeram a alguns parentes em Janaúba. Os dois estavam seguindo para a casa em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Ao pegar os documentos do homem, os agentes desconfiaram que a CNH poderia se tratar de um documento adulterado.

Diante da suspeita, os policiais pesquisaram mais a fundo nos sistemas e acabaram descobrindo que o homem fugiu da penitenciária onde cumpria pena por latrocínio. A PRF levou o foragido à Polícia Federal, onde serão tomadas as devidas providências. 

Publicidade

Ainda de acordo com a PFR, a esposa do homem ficou em choque ao descobrir que o marido usava o nome de um sobrinho e estava foragido da Justiça. Segundo a mulher, ela nunca desconfiou que o companheiro poderia ter outra identidade, porque todos os parentes o chamavam pelo apelido.

Publicidade

Outro foragido é capturado com nome falso

Na quarta-feira, 3, uma equipe da Rotam capturou um foragido da Cadeia Pública de Ivaiporã. Assim como o caso citado acima, o foragido também estava usando um nome falso, contudo, não o do sobrinho, mas sim o do irmão.

Publicidade

A equipe chegou até o criminoso após informações de que o foragido estaria morando na Vila Monte Castelo. Na abordagem, ele passou um nome falso e afirmou aos policiais que o seu RG estava na casa da avó.

Publicidade
Publicidade
Publicidade