in

Homem mata a ex e diz que filha que morreu com 4 meses pedia pela mãe

Rodrigo Pires esfaqueou Luana Demonier na noite da última terça-feira (9).

Arquivo pessoal Luana Demonier / Reprodução Tribuna Online

Rodrigo Pires Rosa se entregou à Polícia nesta quarta-feira (10). No dia anterior, ele havia matado a ex-namorada, Luana Demonier, de 25 anos, a facadas. O crime aconteceu na cidade de Cariacica, no Espírito Santo, e está repercutindo. Os detalhes são chocantes.

Publicidade

Rodrigo vinha ameaçando a ex há algum tempo. Na terça pela manhã, ele a encontrou no ponto de ônibus e disse que a mataria. À noite, encontrou a jovem novamente e colocou em ação o seu plano. Luana recebeu muitas facadas. Havia 19 perfurações em seu corpo.

A jovem não teve chances de se defender e morreu no local. Nesta quarta, Rodrigo foi até a TV Tribuna, afiliada do SBT no Espírito Santos, e queria conversar com algum repórter do local. Na emissora, ele gravou uma entrevista em que contou detalhes do crime.

Publicidade

O homem havia tido uma filha com Luana. A bebê de quatro meses morreu no ano passado. Rodrigo afirmou que a filha estava pedindo pela mãe. “Ontem, a minha filha estava chamando há dias, há dias a mãe dela. A mãe dela foi agora pra onde minha filha está. Ela faleceu. Aí ela chama a mãe dela todo dia. Aí a mãe dela foi pra lá. Ela está aqui, ó”, afirmou. Assista a partir de 1 minuto do vídeo abaixo.

Publicidade

Rodrigo ainda afirmou que quem matou Luana foi o Coringa, personagem de ficção vilão nas histórias do Batman. Coringa é marcado pela mente psicótica. O suspeito respondia a oito inquéritos por violência doméstica. Ao menos cinco ex-namoradas já foram ameaçadas por ele. No ano passado, ele correu atrás de uma delas com uma faca.

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!