in

Delegada não se aguenta após ver vídeo de homem esfaqueando a ex: ‘dor no coração’

Raphaella Aguiar, da DHPM, ficou chocada com as cenas acontecidas em Cariacica.

Reprodução A Gazeta / Arquivo pessoal Luana Demonier

A morte da jovem Luana Demonier, de 25 anos, em Cariacica, no Espírito Santo, na noite da última terça-feira (9), deixou muita gente chocada. Ela foi morta a facadas pelo ex-namorado, Rodrigo Pires. Nesta quarta, o homem se entregou à polícia e confessou o crime.

Publicidade

As cenas gravadas por câmeras de segurança são fortes. Rodrigo caminhava ao lado de Luana por uma rua próxima da casa dela. Em determinado momento, ele a ataca. A jovem, então, fica caída na calçada até que algumas pessoas se aproximam. Havia 19 perfurações em seu corpo.

As imagens são realmente fortes e até mesmo a delegada responsável pelo caso ficou tocada com o que viu. Rafaella Aguiar, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) comentou sobre o caso.

Publicidade

Publicidade

“Me deu uma dor no coração”, contou a profissional. Delegado-geral da Polícia Civil do Espírito Santo, José Darcy de Arruda citou a colega: “A doutora Rafaella me confidenciou que, dos crimes que ela já investigou, esse foi um dos mais perversos e a chocou profundamente”, disse Arruda.

Publicidade

O delegado também contou que o fato de o suspeito ter agido em violenta emoção não o exime da responsabilidade. Rodrigo se entregou à polícia e foi preso. Os familiares de Luana ficaram muito abalados com o ocorrido. A mulher vinha sendo ameaçada há algum tempo, mas ninguém esperava que o ex-namorado fosse levar a cabo às ameaças e matá-la.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!