in

Advogado de 43 anos morre de Covid-19 e desabafo antes da morte comove

João Faustino gravou vídeo mostrando que estava com medo da doença causada pelo coronavírus.

Arquivo pessoal João Faustino Neto

O advogado João Faustino morreu de Covid-19 aos 43 anos, neste domingo (7), na cidade de Pedra Preta, no Mato Grosso. No dia 22 de janeiro, João usou as redes sociais para publicar um vídeo em que falava sobre o medo da doença. Ele estava emocionado e gravou o vídeo no hospital.

Publicidade

O homem contou que a saturação de oxigênio estava boa e que esperava continuar assim para não ser entubado. Ele confessou que estava com medo e que andava com álcool em gel no bolso e que tratava as pessoas à distância com medo de não se contaminar. O advogado afirmou também que a doença é ingrata e que jovens estavam morrendo e idosos, sobrevivendo.

Faustino também pediu às pessoas que se cuidassem para evitar transmitir a doença para quem ama. “Torço para que ninguém chegue no estado em que estou, porque estou bem, minha saturação está boa, mas ficamos pensativos, porque amanhã pode ser que não esteja assim“, desabafou o advogado.

Publicidade

No dia 26, Faustino fez outra publicação sobre o tema. Ele não conseguia tirar a máscara de oxigênio por um minuto porque ficava com falta de ar. Por isso, ele escreveu. “Conto com as orações de vocês”, afirmou, fazendo pedido aos seguidores.

Publicidade

Dias depois, Faustino foi entubado. No domingo, o advogado não resistiu e morreu. A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e da 1ª Subseção de Rondonópolis divulgou nota oficial lamentando a morte do profissional. A doença causada pelo coronavírus já matou mais de 230 mil pessoas em todo o Brasil. A primeira morte foi registrada em março.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!