in

Jovem cai de 10 metros de altura enquanto trabalhava e morre na hora; todo cuidado é pouco

Rapaz não estava usando todos os equipamentos necessários quando estrutura cedeu.

Arquivo pessoal Vitor Virgiliano Gonçalves

Vitor Virgiliano Gonçalves era funcionário de uma empresa terceirizada da cidade de Santos. Como a empresa presta serviço à prefeitura da cidade do litoral de São Paulo, Vitor foi escalado para trabalhar na manutenção do telhado da quadra poliesportiva de uma escola municipal.

Publicidade

O jovem de 22 anos subiu a uma altura de 10 metros na Escola Municipal Rubens Lara, localizada no Morro Nova Cintra. Por volta das 11h30, a estrutura cedeu e Vitor caiu no chão. De acordo com o relato do pai dele à Polícia Civil, o rapaz utilizava apenas o cinto de segurança no momento em que o acidente aconteceu.

Vitor não usava o cabo guia quando a estrutura cedeu. Se estivesse com o equipamento, o rapaz não teria despencado lá de cima. Assim que acidente aconteceu, a Guarda Civil Metropolitana compareceu ao local e acionou O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar.

Publicidade

Os socorristas do Samu constataram o óbito no local do acidente. As investigações do caso serão conduzidas pela equipe do 5º Distrito Policial (DP) de Santos. A Prefeitura de Santos emitiu nota oficial e informou que exige que as empresas contratadas façam uso dos chamados Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Publicidade

Publicidade

Para quem trabalha com manutenção, como era o caso de Vítor, todo o cuidado é pouco. Quando se está a 10 metros de altura, o uso dos EPIs são ainda mais necessários. O uso dos equipamentos de segurança ajudam a evitar um acidente fatal como o que aconteceu na escola municipal de Santos. Vitor estava noivo e se casaria em breve.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!