in

Amarrada pela mãe com fios de TV, criança é resgatada pela polícia em SP com queimaduras de cigarro

Suspeita da ação, mãe da criança foi localizada horas depois e detida para prestar depoimento.

Divulgação - PM

Mais um caso bárbaro de maus tratos contra criança foi registrado em São Paulo. Na manhã deste sábado (06), uma menina de 3 anos foi resgatada por uma equipe da Polícia Militar dentro de uma residência no bairro Cidade Líder, situado na Zona Leste da capital paulista. A garota estava sozinha no local e amarrada com fios de televisão.

Publicidade

Após ser socorrida pelos agentes, ela revelou que a própria mãe foi a autora da ação. A mulher, que não estava na residência, foi encontrada horas depois, em uma loja de conveniência de um posto de combustível. Ela foi encaminhada para prestar depoimento, e pode responder por abandono de incapaz, lesão corporal e tortura. O caso foi registrado no 66º DP (Distrito Policial), localizado no Vale do Aricanduva. 

A equipe da PM foi acionada ainda nas primeiras horas do sábado, com uma denúncia anônima, afirmando que a menina chorava muito. Os agentes chegaram ao local por volta das 6h, e tiveram que entrar pela janela da residência. 

Publicidade

Sozinha na casa e com muito medo, a garota estava amarrada com fios de televisão e tinha um brinquedo com ela. 

Publicidade

Sinais de tortura 

Presa em um quarto, amarrada com fios de televisão, a garotinha apresentava marcas de queimaduras de cigarro no corpo. Ela também tinha sinais de desnutrição, e foi alimentada pouco depois de ser resgatada pelos policiais.

Publicidade

A criança será submetida a exames no IML (Instituto Médico Legal) para ser investigado se há mais algum tipo de maus tratos. Além da PM, o caso será acompanhado pelo Conselho Tutelar. 

De acordo com informações repassadas por vizinhos, a mulher costumava a deixar a criança sozinha na residência quando saía na parte noturna.  

Publicidade
Publicidade