in

Suspeito de matar esposa e enteada de 9 anos foge; laudo do IML mostra como elas morreram

Mãe e filha foram mortas e enterradas no quintal da casa onde moravam no interior de SP.

Arquivo pessoal Cristiane Arena

Cristiane Arena, de 34 anos, e a filha, Karoline Vitória, de 9, foram mortas e enterradas no quintal de casa. O suspeito do crime é o psicólogo Fabrício Buim Arena Belinato, marido de Cristiane e padrasto de Karoline. Ele está foragido. Outra filha de Cristiane, uma adolescente de 16 anos foi apreendida por suspeita de ter participado do crime.

Publicidade

O caso ocorreu na cidade de Pompeia, interior de São Paulo, e está repercutindo. Mãe e filha desapareceram em novembro. Vizinhos não as viam desde então, e contaram aos parentes de Cristiane. Eles achavam que ela estivesse em cárcere privado.

Desde que se casou com Fabrício, Cristiane havia mudado bastante e se afastou dos parentes. Há cinco anos, o pai dela contou que viu Fabrício beijando a enteada mais velha na boca na porta da casa. Cristiane não acreditou.

Publicidade

Laudo revela como mãe e filha morreram

Os corpos de Cristiane e Karoline foram encontrados na terça-feira (2), em sepulturas no quintal da casa onde moravam, depois de a polícia invadir o local. O crime chocou a cidade de Pompeia, no interior de São Paulo. Os atestados de óbitos revelaram como e mãe filha foram cruelmente assassinadas.

Publicidade

Cristiane foi morta com golpes de faca. Já a filha de apenas nove anos recebeu uma pancada violenta na cabeça e morreu. Fabrício está foragido da polícia. O carro dele foi visto pela última vez na cidade de Presidente Prudente, cidade localizada na região oeste do estado de São Paulo, na divisa com o estado do Paraná. Ele pode ter tentado ir para fora do Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!