in

Pastor de 36 anos da Assembleia de Deus morre após ser infectado com Covid-19

Ele foi diagnosticado com a doença na segunda semana do mês de janeiro.

G1

O surto de coronavírus começou no final de 2019, na China, e logo se alastrou por todos os países. A medida que o vírus ia se espalhando, a maioria dos países começou a entrar em quarentena para conter o avanço da doença, até uma vacina eficaz fosse desenvolvida.

Publicidade

A pandemia já tem mais de um ano e deixou um rastro de morte em todo o mundo. Mais de 104 milhões já foram infectados e outros 2 milhões perderam a vida devido à Covid-19. No Brasil, mais de 9 milhões de pessoas foram infectadas e 227 mil morreram por causa do coronavírus.

Em meios a tantas mortes está a do pastor André Santos Silva, de 36 anos, que perdeu a luta para a doença na quarta-feira (3). A morte do pastor foi anunciada nas redes sociais pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus.

Publicidade

Conforme relatos, o pastor foi diagnosticado com a Covid-19 na segunda semana do mês de janeiro. Ele estava sendo tratado em casa, mas seu estado de saúde piorou e teve que ser levado às pressas para uma unidade médica em Cuiabá.

Publicidade

Segundo o G1, André era uma das lideranças da entidade religiosa no estado, ele pregava a palavra no bairro Tijucal. André estava internado e entubado em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Benedito.

Publicidade

Mas, devido à gravidade da doença, ele acabou morrendo na noite de quarta. A direção do hospital não relatou se o religioso tinha algum tipo de comorbidade. Nas redes sociais, a Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus lamentou a perda do religioso.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.