in

Ciclista de 33 anos morre atropelada por caminhão; marido dela viu tudo de perto

O homem está em estado de choque com a morte trágica da esposa; polícia vai ouvi-lo.

Reprodução Rede Massa

Paula Boreto, de 33 anos, estava passeando de bicicleta ao lado do marido pelas ruas da cidade de Curitiba, no Paraná. Os dois costumavam pedalar. Na segunda-feira (1º), a vida de Paula foi interrompida de forma trágica após ser atropelada por um caminhão na avenida Nicola Pelanda, sentido Fazenda Rio Grande.

Publicidade

“Esse condutor ainda está sendo ouvido aqui na Dedetran. Inicialmente nos relatou (…) que quando foi fazer a conversão à direita acabou sentindo o caminhão balançar e aí verificou que ali teria atropelado uma ciclista”, disse o delegado Leonardo Carneiro.

O marido de Paula estava ao lado dela no momento do acidente e viu tudo de perto. Socorristas foram chamados, foram até o local, mas não era possível fazer mais nada. A mulher já estava morta. O corpo ficou no local aguardando a perícia e o carro que o levaria para o Instituto Médico-Legal (IML).

Publicidade

Publicidade

De acordo com reportagem do programa Tribuna da Massa, da Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná, o marido de Paula ficou muito abalado com a morte e ainda não foi chamado para prestar depoimento. Isso deve acontecer nos próximos dias. O delegado afirmou que vai esperar ele se recuperar.

Publicidade

O motorista do caminhão passou por teste de bafômetro que não apontou embriaguez. A bicicleta do marido de Paula tinha uma câmera. As imagens devem ajudar a polícia a estabelecer a verdade e confirmar se o motorista do caminhão teve ou não culpa pelo acidente. O corpo da mulher já foi velado e enterrado em Curitiba. Não foi informado se eles tinham filhos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!