in

Morte da adolescente que foi a motel completa duas semanas; laudos são aguardados

L.I.Z, de 16 anos, foi a motel com homem de 29 anos, sofreu hemorragia e morreu.

Arquivo pessoal L.I.Z / Reprodução Record TV

A morte da adolescente L.I.Z, de 16 anos, após ir a um motel de Pinhais, região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, com Lucas Nascimento de Carvalho, completou duas semanas nesta quarta-feira (3) e a família ainda não sabe exatamente o que aconteceu no quarto onde eles estavam.

Publicidade

A adolescente pediu à mãe para deixá-la sair com Lucas no dia 20 de janeiro. A princípio, Ana Paula Ziamini disse não para a filha. Depois de ser convencida, porém, mudou de ideia. A filha disse que iria ao shopping comer batata e assistir a um filme. 

Após se encontrarem , os dois foram para o motel. No loca, L.I.Z teve uma forte hemorragia, foi socorrida por Lucas, mas morreu na unidade de pronto atendimento (UPA) da cidade. Lucas chegou a ficar detido e passar horas na cadeia, mas no dia seguinte foi solto por falta de provas.

Publicidade

Laudos do IML são aguardados

O Instituto Médico-Legal de Pinhais divulgou apenas um laudo, em que consta que a adolescente não foi violentada sexualmente e que sofreu um edema pulmonar. A causa da morte não pôde ser apontada porque o edema pode ser causado por muitos fatores, uma pancada no peito, por exemplo.

Publicidade

O delegado responsável pela investigação aguarda novos laudos que pediu ao IML para finalizar o inquérito policial e definir se vai enviá-lo para o Ministério Público, caso Lucas tenha alguma culpa, ou arquivá-lo, caso não haja nada contra o homem de 29 anos. A família de Liz aguarda os resultados dos exames e clama por justiça. Todos querem saber exatamente o que aconteceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!